A plataforma IGMA

A plataforma IGMA (Índice de Gestão Municipal Aquila) foi criada com o objetivo de acompanhar a evolução dos municípios brasileiros. Na metodologia das Cidades Excelentes ela é a bússola que possibilita o monitoramento de cada um dos pilares do ciclo virtuoso de desenvolvimento municipal. Sua arquitetura foi desenhada para possibilitar que qualquer cidadão consulte a situação do seu município, entender as principais prioridades e a busca de cidades espelho.




Como Funciona o IGMA ?

Baseada no conceito de BIG DATA, o Índice é formado por 39 indicadores alimentados por fontes públicas, processados por meio de um algoritmo que fornece um índice consolidado por município. Os dados são atualizados automaticamente assim que uma nova informação é disponibilizada. Nosso algoritimo cruza as informações, processa os indicadores e possibilita a visualização de 4 formas. Clique nas opções abaixo para acessar o IGMA e suas funcionalidades.

Fontes Públicas
O Índice

O IGMA de uma cidade representa a situação de como ela está, em termos de ciclo virtuoso de desenvolvimento humano, em comparação aos demais municípios do Brasil. A escala que varia de 0 a 100 situa-se em uma das 4 categorias ou níveis desse ciclo. Quanto mais próximo de 100 for o índice, mais excelente é a cidade e quanto mais próxima de 0, mais critica ela é. O resultado considera a realidade do momento. Ou seja, o município está excelente ou está crítico. Isso porque o cenário da gestão municipal não é estático e a pontuação da plataforma IGMA apresenta a situação da cidade no momento da consulta.


soconfi

Vejamos valores de referência do IGMA:

  • Superior a 80: revela que os indicadores da cidade desempenham entre os melhores do país. Assim, ela é classificada como “excelente”.
  • Entre 65 e 80: para o padrão brasileiro, em geral essas são cidades possuem 1 ou 2 pilares críticos e os de- mais têm bom desempenho. São denominadas como “desenvolvidas”.
  • Entre 50 e 65: o município apresenta pilares com notas intermediárias ou estes possuem grandes variações entre si, apresentando pontuações muito boas e outras críticas. A sua classificação é “em desenvolvimento”.
  • Inferior a 50: municípios são qualificados como estando em “situação crítica”. Eles apresentam baixo desempenho na maioria dos pilares e, geralmente, possuem menos capacidade de investimento e de prestação de serviço, não conseguindo promover o desenvolvimento humano na localidade de forma sustentável.
  • Como o IGMA ajuda a entender a melhoria do Desenvolvimento Humano Municipal?

    Em 2013 foi elaborado pelo Atlas do Desenvolvimento Humano no Brasil, um índice para medir o desenvolvimento humano dos 5.565 municípios brasileiros a partir dos dados do censo demográfico 2010. Este índice, denominado IDHM – Índice de Desenvolvimento Humano Municipal, segue as mesmas três dimensões do IDH Global: saúde, educação e renda.

    soconfi

    O algoritmo desenvolvido pela Plataforma IGMA, consegue contemplar, de certa forma, todo o IDHM no cálculo do IGMA:

    soconfi

    O IGMA consegue ir um pouco mais além, com a inclusão de novos indicadores e dimensões, promovendo uma visão mais ampla e atualizada do desenvolvimento dos municípios, com dados atualizados para 67% dos seus indicadores.

    soconfi soconfi




    A plataforma é aberta, porém para ser ter acesso aos indicadores detalhados de todos os pilares é necessário fazer um cadastro simples e gratuito. Clique no botão abaixo para se cadastrar:



    CADASTRE-SE AGORA